Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 18 de janeiro de 2009

Com a ajuda da colega Vanessa Nogueira, do SL educacional, consegui organizar esta pequena lista. Portanto, vamos nos preparar pois os eventos de 2009 já estão ai!!

O Fisl 10 (Forum Internacional de Software Livre) será de 24 a 27 de Junho de 2009, em Porto Alegre-RS, na PUC-RS. O site oficial ainda não está no ar, mas no Blog do Temário podemos acompanhar os preparativos para o evento.

http://rn.softwarelivre.org/temario/?p=194

O XXIX Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC) será realizado na cidade de Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul de 21 a 24 de julho de 2009.

Mais informações no site do evento: http://csbc2009.inf.ufrgs.br

WCCE 2009 acontece de 27 a 31 de julho em Bento Gonçalves/RS e está com as inscrições abertas.

Datas Importantes:

15 de janeiro 2009    Submissão dos artigos
28 Fevereiro 2009      Notificação de aceitação
30 Abril 2009             Submissão da versão final do artigo para publicação.
30 Abril 2009             Submissão do material para apresentação.

http://www.wcce2009.org

Agora, se a grana tá curta, e não deu para viajar, não é desculpa para não participar! Dentre os eventos locais, não esquecam do FLISOL – Festival Latino Americano de Software Livre (Fortaleza) que será no dia 25 de abril de 2009, o local ainda a confirmar. (Está entre CEFET, FIC e CRP)  São palestras gratuitas sobre software livre.

E tem ainda o CESOL 2009 (Fortaleza-UFC), que ano passado foi em agosto e fez o maior sucesso com a trilha de Educação (nosso público foi o maior de todos!). Não deixem de participar…

Anúncios

Read Full Post »

Há algum tempo atrás comentei aqui a esse respeito. O usuário final está pouco preocupado com o Sistema Operacional que tem em seu computador, o importante é que ele funcione, pouco importando se é livre ou pirata. Como trabalho em escola, com público infanto-juvenil percebo como é a febre dos comunicadores eletrônicos, em especial o MSN do Windows.  Um das formas de “catequisar”  os alunos, para o SL  é lógico, configurando algum comunicador eletrônic. No GNU/Linux, fiquei encantada com a variedade de softwares que podem utilizados para se comunicar na Internet (andei vendo mais de 20). Eis alguns que ja testei:

O AMSN: como o nome mesmo diz, é um clone do MSN. Falta alguns recursos, mas funciona normalmente para o básico, conversar, enviar e receber arquivos. Mais ainda não baixei a versão mais nova para testar. (0.98), segundo alguns artigos ja tem suporte a webcam desde a versão 0.95. Todavia, precisa instalar os pacotes TCL e o TK instáveis para rodar redondinho.

O Mercury: tem tudo que a molecada gosta, inclusive suporte a webcam. Mais retirei, pois a versão que tinha era beta e ficava travando demais.

O Pidgim (antigo Gaim) a meu ver o mais legal de todos. Tem versão tanto para linux quanto para windows. Todavia, precisa do pacote tk8.4 para funcionar direito. (Eh o que eu mais gosto :))

O Kopete : outra alternativa facil, leve e simples de instalar e configurar. Foi um dos primeiros lançamentos.

Enfim, existem outros, mas falei apenas dos que eu, humilde pedagoga nerd como diz meu amigo Lobato, conhece.

Todos fazem o que o MSN faz, menos conversar com voz,  (até fazia uma época dessas) porque nosso amigo proprietario mudou o código, ai o negócio andou para trás. Mas sinceramente, para isso ainda prefiro o Skype (que roda no Linux e Windows).

Se mesmo assim, no seu computador não tiver nenhum deles instalado, não se desespere, você pode usar o site do Meebo (www.meebo.com.br) que resolve seu problema.

Read Full Post »

Sitio oficial do ScrathEssa semana, tivemos uma discussão muito profícua na lista dos blogs educativos e descobri uma dica legal repassada pela Prof Jenny Horta. Para quem gosta de aprendizagem colaborativa com os alunos, chama-se Scratch. É uma linguagem de programação criada no Media Lab do MIT, que permite criar pequenas histórias e/ou animações, jogos, arte etc. O software (ou ambiente de desenvolvimento como alguns preferem) baseia-se na tradição do LOGO, onde o aluno cria um lógica de programação e depois publica na internet (como o Youtube, por exemplo). O programa de criação é freeware (não é um software livre, como alertou o professor Thadeu Penna da UFF) mas pode ser baixado gratuitamente em sua página oficial. Já existem versões para Windows e Mac. No GNU/Linux, ainda não existe uma versão específica, mas segundo o Prof Frederico Guimarães do Grupo Software Livre Educacional ele funciona normalmente usando o Wine. Eu fui testar e funcionou redondinho no Kurumin NG (Kubuntu). Para quem não sabe o Wine, é um software que simula o ambiente do Windows, enganando o outro software . Não é emulação. O Wine é um ótimo recurso para rodar programas executáveis para Windows. (EXE)

Um detalhe importante: tanto no windows quanto no linux para funcionar é preciso ter o software Java (eu usei a versão 6) instalado na máquina para visualizar os projetos criados que podem depois serem compartilhados na internet na página oficial.

Sitio oficial: http://scratch.mit.edu/ (tem suporte a lingua portuguesa)

O colega Tito Moraes de Portugal (http://www.miudossegurosna.net/), indicou o site Sapo Kids, uma iniciativa que inclui e disponibiliza uma versão do Scratch em português e que foi lançado recentemente. Trata-se do Sapo Kids: http://kids. sapo.pt. Eis a página com os projetos feito com o Sapo Scratch em português: http://kids. sapo.pt/scratch/

A página de download do Sapo Scratch em português (europeu):
http://kids. sapo.pt/scratch/ download

Eu baixei o Scratch 1.3.1 (do site do Sapo) e funcionou com o wine 1.0.0.0 no Kurumin NG (kubuntu). No kurumin 7.0 não consegui atualizar o wine por isso não deu certo. Eis a tela principal do Scratch no linux.

Tela principal do ScratchEu particularmente achei muito parecido com o LOGO, (aquele proposto do Parpert na década de 70, da tartaruga), mas com a possibilidade de publicação na internet. Vou ver se consigo uma apostila a respeito.

Outra ferramenta educativa livre que também se permite a criança programar e criar suas próprias animações e histórias interativas é o Squeak. É um software livre (opensurce) semelhante ao Scratch (freeware), mas com uma interface não tão intuitiva quanto o Scratch. Todavia, tem uma comunidade bem ativa, cursos voltados para educadores gratuitamente na internet (http://www.squeaklandia.pt/aprender/), sem contar que possui uma versão oficialmente lançada e desenvolvida para o laptop XO (aquele do OLP, projeto um aluno, um computador, da Lea Fagundes). Inclusive a equipe da Lea Fagundes (UFRGS), estava concluindo uma apostila a esse respeito. Eis a tela principal do squeak

Tela principal do Squeak

Maiores informações: (http://www.squeaklandia.pt/index.php)

Maiores informações: http://pt.wikipedia.org/wiki/Scratch

http://nonio.fc.ul.pt/recursos/scratch/obj_scratch1.htm#ler

http://www.squeak.org/ (em inglês)

Read Full Post »