Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Jogo educativo’ Category

Olá amigos, navegando na net de férias, encontrei um software super interessante para o estudo de um evento histórico genuinamente brasileiro, a Cabanagem. Quem perdeu a aula de História, cabanagem foi a revolta popular,  no qual as minorias (negros, indios, mestiços) tomaram o poder contra as elites. Ambientado no estado do Pará, por sinal, belissímo estado, é possivel mediante este jogo conhecer e interagir como personagem principal neste momento histórico.

O jogo foi idealizado pela UFPA, em especial pelo LARV – Laboratorio de Realidade Virtual, capitaneado pelo prof  Manoel Ribeiro Filho. O download é gratuito, está em creative commons, infelizmente apenas na versão EXE (para Windows), mas acho que dá para emular para Linux com o Wine. (vou testar!).

Maiores informações e download na pagina oficial: http://www.larv.ufpa.br/index.php?r=jogo_cabanagem

O enredo do jogo está dividido em três partes de acordo com os acontecimentos ocorridos na revolução:

  • 1ª Etapa: Período pré-revolucionário (1821 a 1823) que abrange as missões conhecer Belém, fundar jornal O Paraense e Batista Campos, ambientado em Belém da época.
  • 2ª Etapa: Explosão do Conflito Armado (outubro de 1834) que abrange as missões do Acará, que é um jogo de estratégia, e um de ação. Ambientado nas fazendas Acará Açú e Vila Nova(nas margens do rio Acará) e o sitio Santa Cruz (no igarapé Itapicuru).
  • 3ª Etapa: Tomada do Poder ( 7 de janeiro de 1835) que abrange a missão da tomada do poder em Belém.

O jogo inicia com a exibição da tela título, mostrada na figura abaixo, de onde o jogador pode escolher se deseja começar a campanha, visualizar os créditos ou o conteúdo extra adicionado ao jogo, como a primeira edição do jornal O Paraense ou as referências utilizadas durante o desenvolvimento.

Quer saber mais sobre este jogo pedagógico: leia o artigo, Jogo Educativo Ludico: A Revolta da Cabanagem, disponível em: http://www.larv.ufpa.br/downloads/artigos/jogo_cabanagem/JEEC_2008.pdf

Quer saber mais sobre cabanagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cabanagem

Anúncios

Read Full Post »

olá amigos…

Pesquisando na web, encontrei mais uma dica de software livre que pode ser utilizado a serviço da educação. É o bibliolivre, software de gerenciamento de bibliotecas. O bibliolivre é desenvolvido pela UFRJ, portanto em PT-BR. Um manual de instalação é encontrado em

Segundo o  site oficial, O BIBLIVRE é uma modalidade de software livre capaz de proporcionar a inclusão digital, considerando-se que um grande número de bibliotecas públicas ainda não está informatizada, por questões técnicas e financeiras, e a maior parte do público que constitui o universo dos usuários finais das bibliotecas públicas, não está familiarizado com o uso de recursos das tecnologias atuais existentes nas bibliotecas mais modernas do mundo.

O projeto se caracteriza pelo desenvolvimento de programas livres ofertados, sem ônus, para bibliotecas que desejem se utilizar dessa tecnologia. O sistema é licenciado gratuitamente como LGPL – Lesser General Public License da Free Software Foundation, de maneira a permitir a sua difusão de uma forma ampla e garantindo a liberdade aos seus usuários para copiá-los, usá-los e redistribuí-los. Embora os programas tenham detentores de seus direitos autorais, a licença adotada visa garantir que os usuários tenham o direito de obter os códigos fonte dos programas para estudá-los, modificá-los e redistribuí-los.

O BIBLIVRE enfatiza as rotinas e sub-rotinas dos principais procedimentos realizados em bibliotecas, tais como: a pesquisa; a circulação, mediante o controle do acesso para consulta, a reserva, o empréstimo e devolução de exemplares do acervo; a catalogação de material bibliográfico, de multimídias e objetos digitais, inclusive com controle de autoridades e de vocabulário; além da rotina de controle do processo de aquisição de novos itens para o acervo.

A interface de administração do BIBLIVRE ainda permite a gerência da tipologia de usuários, das permissões de acesso e uso do sistema, das configurações do servidor Z39.50 e das características do programa.

A manutenção do sistema prevê a reindexação das bases de dados, a transferência de registros entre bases de dados e a geração de cópia de segurança da base de dados principal.

Há uma relação de relatórios pré-formatados disponíveis para impressão ou gravação de arquivos gerados pelo sistema.

O BIBLIVRE é, sem dúvida, uma grande contribuição tecnológica alinhada com a filosofia do software livre, que vem ampliando seu espaço diante do software de código fechado. O Biblivre, atualmente, encontra-se instalado em mais de 1500 bibliotecas em todo o território nacional.

Pré-Requisitos

Hardware

Os requisitos mínimos de hardware para obter um desempenho razoável são:

  • Processador Intel Pentium III 800MHz ou equivalente;
  • Memória RAM de 512 Mbytes.

É recomendável um Pentium IV 1.4GHz ou equivalente e memória RAM de 1Gbytes. O espaço em disco de 200Mbytes é suficiente para instalar os programas e manter uma base sem anexos (base de +/- 50.000 Registros). Os requisitos são diretamente proporcionais à demanda que se espera, quanto maior o volume de dados e o acesso simultâneo, maior devem ser os requisitos de equipamento.

O Biblivre roda em sistema operacional Windows, Linux, Unix ou compatível. Sendo o Windows 2000, XP ou Superior. Não é possível instalar o BibLivre no Windows ME, 98SE, 98 ou anteriores, pois são incompatíveis. O Biblivre pode ser instalado em qualquer sistema onde os seguintes programas funcionem adequadamente:

  • Java Virtual Machine 1.6 ou superior*
  • Apache Tomcat 5.5 ou superior*
  • PostgreSQL 8.1 ou superior*

* Superior desde que o sistema mantenha uma compatibilidade com os sistemas anteriores

O BibLivre funciona simultaneamente com outros programas. Todavia se muitos programas estiverem abertos ao mesmo tempo pode ocorrer lentidão de processamento.

Instalação manual para linux

Infelizmente é muito complicado fazer uma instalação automatizada para linux sem saber qual é a distribuição devido a um grande número de variáveis, ao mesmo tempo um numero crecente de pessoas vem pedindo uma atualização em linux.

Para disponibilizar o software o mais rapdamente para aqueles que precisam, disponibilizamos este guia de instalação para todos aqueles que não podem esperar uma solução mais adequada.

1) programas necessários

– Postgres 8.x (identificamos que algumas versões para o linux entre a 8.0 e a 8.1 tem problemas, o PL não funciona direito)
– tomcat 5.5 ou 6.0
– java JRE e/ou JDK ambas 1.6 ou superior

– O apache é necessário caso não queira utilizar a porta 8080 (juntamente com o conector para tomcat

os programas podem ser adquiridos no repositório de sua distribuição ou no site dos mantenedores
postgres: http://www.postgresql.org/ ou http://www.postgresql.org.br/
apache tomcat: http://tomcat.apache.org/
Java: http://www.sun.com/
apache: http://www.apache.org/

Os pacotes poden ser achados em:

apt-get – http://packages.debian.org/stable/allpackages
RPM – atraves da sua ditribuição
tgz – http://www.linuxpackages.net

Fonte, downloads e manuais na pagina oficial do projeto: http://www.biblivre.org.br/

Read Full Post »

Olá Amigos,

No dia 23/11, segunda-feira, das 20h às 21h30min, será realizado   uma palestra virtual com o tema: Dos Softwares Educativos aos Recursos Educacionais Abertos. A palestrante  será a Paula Carolei (Doutora e Mestre em Educação pela FEUSP e UNICAMP. Coordenadora do curso de pós-graduação em Tecnologias na Aprendizagem do Senac São Paulo).
Segue o endereço para participar da palestra virtual :http://eadonline. sp.senac. br/r89243812/
Após clicar no link, escreva seu nome na opção Convidado.
Espero que possam participar!
Bjs

Read Full Post »

tela do SL ludoquimico

olá amigos, recebi essa dica, via lista de discussão (blog educativos), é o game Ludo Quimico, para o aprendizado da química organica, no ensino médio.O  game, ou melhor o software educativo, se baseia em um jogo indiano milenar de tabuleiro, no qual o aluno vai respondendo os questionamentos e avançando ou retrocendo no tabuleiro. Meus conhecimentos na área de química, se limitam ao  9º ano (antiga 8ª série), por isso não pude sair da tela 1. 😦 Agora, o mais legal de tudo isso que é livre, ou seja, a licença é GPL, podendo ser replicado gratuitamente  :).Tem versão para linux (em deb) e para Windows (exe), que pode ser baixado no site oficial: http://www.ludoquimico.com.br/index.html. Testei no big linux (versão 4.2) e funcionou redondinho, alias o big linux é uma praticidade mesmo, bastou clicar no botão direito –> debian menu –> pronto ja esta feito a instalação. Fácil, fácil.Ele não cria um icone no menu, mas o executável fica na pasta USR/BIN/LUDOQUIMICA.SH. No Windows, é mais fácil ainda, basta “dizipar” a pasta e mandar executar e pronto. Apesar de não gostar da maldita, ops, quer dizer da nossa amada química, vale a pena conhecer o trabalho do prof. Manoel Guerreiro, um apaixonado desta valiosa ciência.

Nosso amigo quimiconauta, afirma: “Ludo Químico é um “Game” de química, baseado no antigo jogo indiano Pachisi, no qual o objetivo principal é chegar até o final do tabuleiro respondendo corretamente as questões de química que aparecerão pelo percurso.”

Para os “quimiconautas” de plantão, existe um artigo sobre as possibilidades pedagógicas neste jogo publicado na Revista Ciência e Cognição 2008 v.13, p.72-81, e pode ser lido neste link: www.cienciasecognicao.org/pdf/v13/m318239.pdf. Neste artigo, tem o referencial teórico, sua concepção e regras. Alias, o mesmo está recebendo críticas e sugestões para melhor este software. Que tal ajudar?

Ah, não deixe de visitar também, o blog do professor Manoel Guerreiro (http://ludoquimico.blogspot.com/). O visual atraente, limpo, objetivo, numa linguagem acessível a nós pobres mortais, que não conhecem os mistérios da ciência é o principal atrativo. Tem dicas de outros jogos e aplicações no ensino de ciências. Pode colocar em favoritos, vale a pena!

Até a próxima dica!

Read Full Post »

Olá amigos, tenho uma descoberta primorosa! É o software Tríade, um RPG (software de simulação) para contribui para o aprendizado de História, destacando um momento especial da Humanidade: A revolução Francesa.

“Desenvolvido pelo grupo de pesquisa Comunidades Virtuais da UNEB tem criado um espaço diferenciado para formação de jovens do ensino médio, graduação e mestrado das áreas de educação, computação, arte, design, música e história na área de pesquisa e desenvolvimento em jogos digitais, contribuindo para fortalecimento da discussão em torno dos jogos eletrônicos que vem se constituindo em um fenômeno cultural.

O projeto é coordenado pela professora doutora Lynn Rosalina Gama Alves e financiado pela FINEP com bolsas de iniciação de pesquisa Junior, iniciação de pesquisa para alunos de graduação e mestrado pela FAPESB. O CNPQ apóia também com bolsas de iniciação de pesquisa para alunos de graduação.

Para saber mais sobre o Tríade acesso a URL http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/triade.” Vejam o video:


O mais legal é que tem versão para linux e windows, e lógico, ser totalmente livre e gratuito. Não testei ainda, mas está recomendado no livro do prof. João Mattar (merece um post para isso!).

Link para download.

Read Full Post »

A maioria dos jogos de internet (educativo ou não) são feito em flash (com extensão swf). Um exemplo é o site agregador (http://www.atividadeseducativas.com.br). É sabido que nem todos os lugares e principalmente escolas possuem internet de boa qualidade. Assim, essa dica ajuda quem não tem internet no LIaboratório de Informática Educativa ou não quer depender da sua conexão do meio da aula (ja aconteceu comigo, falhar a conexão, na hora H).

Qual a solução? Como fazer o download desses atividades para a máquina?

As vezes, o proprio desenvolvedor permite que o software (ou objeto de aprendizagem (OA), como a maioria prefere), possa ser baixado. Entao basta entrar no proprio OA, vai no menu arquivo (dentro do firefox) e procura a opção salvar a pagina HTML.

Acontece que nem sempre é possivel salvar desta forma, ai entra em ação o software iWisoft SWF Downloader. O mesmo é um software gratuito (nao livre) capaz de salvar as animações em Flash (.swf) de qualquer página. Ao informar a URL, o programa irá identificar automaticamente todas as animações da página, informando o tamanho e o status do arquivo. Basta selecionar o arquivo que deseja e clicar no botão Download.

Feito o download, ja pode salvar em cd, pendrive e instalar no seu LIE.

Vantagens: facil de usar, gratuito, leve

Desvantagens: não roda no linux nem emulado (ja tentei). Somente no Windows. Se alguem souber de um similar manda um help.

Faça download do iWisoft SWF Downloader para windows gratuitamente aqui.

Agora, se você como eu usa apenas linux, pode optar pela dica do Adean, instalando o plugin SWF Catcher para firefox (assim funciona tanto no windows, quanto no linux). É muito fácil instalar, basta entrar na pagina oficial: http://www.sothink.com/product/swfcatcher/firefox/index.php

Ele vai pedir para reiniciar o firefox. Pronto, agora, toda vez que entrar numa página que tenha um jogo educativo (livroclip, por exemplo), pode fazer o download deste para sua máquina assim:

firefox –> ferramentas –> swf cather(pronto ja pode fazer o download).

Até a proxima dica!

 

Read Full Post »

Olá amigos, mais uma dica de software livre educativo que pode ser utilizado no aprendizado da Lingua Portuguesa é o  Gconjugue.

Esse SL conjuga os verbos da língua portuguesa falada no Brasil. Ele é baseado no conjugue, um software livre, desenvolvido por Ricardo Ueda Karpischek.

O gconjugue é distribuído sob a licença GNU/GPL. Uma cópia da licença encontra-se no arquivo com o código fonte do programa.

Quem usa Linux Debian, Ubuntu ou uma distribuição Linux derivada de uma dessas duas, poderá instalar o gconjugue a partir dos repositórios oficiais. Se a versão nos repositórios estiver desatualizada, você pode tentar instalar este pacote: gconjugue_0.7.2-1_i386.deb (md5sum 304720eeaa027f1278ff2b5d386105c8, compilado no Ubuntu 8.10).

Maiores informações:  http://jalvesaq.googlepages.com/gconjugue.html

Read Full Post »

Older Posts »