Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Noticia’

Olá amigos, lembram do Cesol 2008? Pois eh, teremos 2009 também. Vejam a chamada de trabalhos. Para quem não conhece é o Congresso Estadual de Software Livre, e uma das trilhas é educação e inclusão digital. È o maior evento do estado do Ceará e aos poucos está se tornando o maior, na área, no norte-nordeste. Participem!

Chamada de Trabalhos

A Equipe de Organização do Congresso Estadual de Software Livre – Ceará (CESoL-CE) tem o prazer de convidar a comunidade para contribuir com a sua programação. Membros das comunidades de Software Livre, estudantes de qualquer escola ou universidade, professores, profissionais e a comunidade em geral podem enviar suas propostas de palestras e minicursos envolvendo Software Livre.

O CESoL é um evento que vem se firmando como um dos maiores do Nordeste, servindo de integração entre os estados vizinhos. Ele tem como principais objetivos promover o uso do Software Livre, apresentando sua filosofia, seu alcance, avanços e desenvolvimento ao público em geral, assim como de suas áreas.

Durante os seus quatro dias de programação, o CESoL abrirá espaço para discussões sobre diversas áreas ligadas ao Software Livre, como Meta-reciclagem, Administração e Segurança de Sistemas, Desenvolvimento, Desktop, Economia Solidária, Ecossistema do Software Livre, Educação e Inclusão Digital, Gestão Pública e Software Público, Jogos, Multimídia e Cultura Digital.

1. Informações Gerais

O evento receberá propostas de palestras nas seguintes áreas temáticas:

  • Administração e Segurança de sistemas
  • Cultura Digital e Metareciclagem
  • Desenvolvimento
  • Desktop e Jogos
  • Educação e Inclusão Digital
  • Ecossistema do Software Livre

2. Envio de propostas

O envio de propostas deverá ser feito através do site do evento até o dia 27/09/2009. Antes de enviar sua proposta recomenda-se ler o manual dos proponentes [1], que contém dicas sobre o preenchimento da proposta, de forma a facilitar o processo de avaliação e aumentar as chances de aceitação das palestras. Propostas que não observem as considerações deste manual estão propensas a terem sua avaliação prejudicada.

3. Seleção das propostas

Após o período de envio de propostas, todas que foram enviadas serão avaliadas por uma comissão de avaliadores e serão classificadas seguindo os critérios padrão do papers [2]. O número de propostas classificadas depende unicamente da quantidade de espaço que teremos durante o evento.

O Congresso Estadual de Software Livre – Ceará (CESoL-CE) solicita a compreensão para o fato de que a aceitação de propostas de palestras não implica no custeio de viagens e hospedagens.

O e-mail para contato com a organização do CESoL-CE é cesol@cesol.org. Certifique-se de que você receberá e-mails deste endereço e leia-os.

4. Datas importantes

  • Prazo final para envio de propostas: 27 de setembro
  • Notificação das propostas aceitas: 17 de outubro;
  • Divulgação da programação preliminar do Congresso: 22 de outubro.

Em caso de dúdivas na operação do site, contactar webmaster@cesol.org.

Você também pode sugerir um palestrante aqui [3].

[1] http://wiki.softwarelivre.org/Papers/ProponentManualPt

[2] http://wiki.softwarelivre.org/Papers/ReviewerManualPt

[3] http://cesol.org/node/5

Read Full Post »

Decisão judicial também impede a companhia de vender qualquer produto que possa abrir arquivos com as extensões .XML, .DOCX ou .DOCM.

Um juiz norte-americano considerou a Microsoft culpada em um caso de violação de patentes e ordenou que a empresa pagasse uma indenização de 290 milhões de dólares para a empresa canadense i4i, informou nesta quarta-feira (12/8) a agência de notícias Reuters.

A i4i desenvolveu um programa para a manipulação de documentos e alegou que uma de suas patentes foi violada pela Microsoft no aplicativo Word. O juiz também impediu que a companhia de Redmond venda qualquer produto que possa abrir arquivos com as extensões .XML, .DOCX ou .DOCM.

A Microsoft ainda não se manifestou oficialmente nem anunciou se irá recorrer da decisão judicial, que terá um forte impacto na venda do Office, pacote de aplicativos para escritório que, além do Word, conta com o PowerPoint, Excel, Access e outros programas. Junto ao Windows, a suíte de programas é um dos principais produtos da companhia.

Fonte: IDG Now

Read Full Post »

Saudações Livres!

Foi lançado o edital público para seleção de bolsistas do projeto Casa Brasil em Fortaleza. Há vagas para todas as três unidades do projeto na cidade de Fortaleza (Vila União, Antônio Bezerra e Granja Portugal).Há vagas desde coordenadores de unidade, coordenadores de Telecentro e Tecnicos. Os valores da bolsa variam de 1.100 a 300 reais dependendo da função. Não conhece a Casa Brasil? (Acesse: http://www.casabrasil.gov.br/) e veja um trabalho de inclusão sócio-digital com software livre, um projeto do governo federal em parceria com as prefeituras.

A descrição do processo, das bolsas e seus respectivos valores, atividades e demais detalhes encontram-se no edital em formato digital (Cidades: Fortaleza e Juazeiro).

Obs: o prazo para submissão de currículos foi prorrogado até o dia 10 de Maio de 2009 (para as unidades de Fortaleza).

Criterios:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter ensino médio concluído em instituição reconhecida pelo MEC;
  • Não ter nenhum vínculo empregatício ou possuir bolsa de pesquisa e/ou extensão do CNPq, Capes, Funcap ou outra instituição financiadora.
  • Ter conhecimento intermediário em software livre e afinidade com os seus princípios.
  • Ter o respectivo perfil exigido em cada função.

Fonte: Blog do Silveira

http://silveiraneto.net/

Read Full Post »

Correção do post! Ontem, postei que o Kurumin não tinha morrido, mas parece que Morinoto e Leandro (mantenedores do projeto) de fato assumiram oficialmente a descontinuidade do projeto Kurumin:
http://br-linux.org/2009/kurumin-ng-fez-que-foi-mas-nao-foi-e-acabou-fondo/

Em uma primeira postagem, Carlos Morimoto recomenda o uso do Big Linux para os seus usuários: “A continuidade seria, em teoria, o Kurumin NG, mas, infelizmente, o projeto não vingou. É preciso saber quando é a hora de jogar a toalha. Uma recomendação pessoal para quem está procurando um substituto seria o Big Linux. Entre as distribuições da safra atual, é o que mais se assemelha ao Kurumin 7. ”
http://www.guiadohardware.net/comunidade/v-t/940197/1.html#post4209433

A versão do Big Linux 5.0 está prevista para abril/ março. Já virá com o KDE 4 e disponível em CD e DVD (versão completa com mais programas e manuais). Outra modificação prevista, é que virá com suporte para outros idiomas (inglês e espanhol) além do português. (Vou experimentar…)

Enquanto não chega a versão 5.0 vou continuar com o Kurumin NG (de luto, por uma perda tão estimável). Bom, primeiro antes que os fãs das distros me chicoteiem, não tenho nada contra Ubuntu, Debian e etc. Mais aprendi o Linux no Kurumin (coisa de primeiro amor) e como sou muito fiel a produção nacional, ainda continuo acreditando nesta distro. E de fato, está uma confusão, o site oficial noticiou que o Kurumin NG parou, todavia na comunidade do Orkut muitos afirmam que é boato, que voltará como a lendária fenix, melhor do que seu anterior, que outra pessoa pode dar continuidade, essas coisas. Enfim, acredito que isto é mais uma questão de apoio financeiro e/ou institucional pois fazer um projeto tão grandioso funcionar sozinho é muito dificil. Vamos deixar passar essa tempestade para ver no que dá…

Enquanto isso continuo usando o Kurumin NG (e conhecendo outra distros) que noutro post falarei minhas considerações a esse respeito…

De fato, eu testei a versão 8.06 e explicito meus motivos, porque eu ainda continuo usando o Kurumin NG (ou Kubuntu), porque juntou o melhor do Ubuntu com o KDE. (quem sabe o pessoal do NG esfria a cabeça e volta atras com essa estória de abandonar o velho e bom Kurumin).

Por que continuo usando o Kurumin NG

  1. É livre, gratuito, de fácil Instalação em português BR (vou preparar um tutorial, ensinando a instalação e deixar um CD no CRP – NTE Fortaleza, para quem precisar)
  2. Junção do KDE, do Kalango(outra distro) e do Ubuntu (descobri novos softwares que ainda não conhecia que podem ser usados na educação)
  3. Som (funciona normalmente) no MP3
  4. You tube funciona perfeitamente: som e audio perfeitos (Precisa instalar flash 10 e java 6.0)*** (eh outro capítulo)
  5. Gcompris e Tuxpaint todos atualizados com nova versão funcionando redondinho.
  6. Reconheceu todos os meus drives de video, impressora, placa de som, etc
  7. Reconheceu meu modem (não sei a marca, mas é roteado) portano a internet tá beleza (1 Mega de conexão)
  8. Jogos online funcionando normalmente (Ex: site Iguinho, Ojogos, acesso Banco do Brasil)
  9. Wine atualizado (assim posso instalar programas EXE, ja testei dois e funcionou… )
  10. AMSN funcionando normalmente.
  11. Comunidade super ativa (não demorei muito tempo para resolver meus problemas)
  12. Tutoriais em lingua brasileira (rsrsrsrsr)

Sinceramente só me falta funcionar a rede (SAMBA) que ainda não testei, por puro falta de tempo, mas o SSH funciona. Olha só a tela do meu Kurumin, rodando o MSN, o You Tube, o Firefox 3.0, o Br-Office atualizado com novo corretor ortográfico…

tela do kurumin NG no meu PC
Agora voltando ao normal <chata>

** O problema do som do You Tube: Isso era uma reinvindicação antiga dos LIEs. Essa semana, a Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza, o pessoal da TI (informática) veio na minha escola e conversei a respeito e mais uma vez, o “pseudo” técnico me afirmou que era impossível.

kkkkk. Oh, falta de respeito para com o professor do LIE, eles não se preocupam nem um pouco com nossas necessidades. Faz dois anos que vejo professores reclamando, enfim, eu descobri depois de muito ler a respeito. Bom, infelizmente, no Kurumin 7.0 só funciona o you tube parcialmente, até da para instalar o Java e o Flash (ja está na versão 10), mas ele vem incompleto, vem só com as imagens sem o audio. Lendo a licença do Flash (percebi o porquê), devido ao kenel (tradução: código fonte, como se fosse a receita do bolo), está desatualizado. Então resolvi instalar o kurumin NG. E após alguns comandos básicos o meu You tube está normal, saindo video e o audio numa boa. Até achei mais facil do que no Kurumin antigo (versão 7.0). Portanto, amigos, acredito que o Kurumin NG seja o mais viavel para as escolas, pois até antes, não tinhamos como atualizar programas importantes como o wine, o gcompris, o tuxpaint, enfim existe solução sim. O que falta é tempo para procurar. No Linux tudo tem jeito e para melhor. Se o Kurumin NG morreu, existem outras alternativas. Ja estou estudando o Pandorga (RS) e o conhecendo o Big Linux.

Portanto, ano novo, sistema operacional novo… Não deixem de visitar, comentar (a autora gosta, viu?) e claro pedir uma cyberajuda.. . A maioria das dicas são pedidos de professores que estão aprendendo a usar o linux… bjs Inté +.

*OBS: Para quem não conhece ou nunca ouviu falar,o Kurumin NG é uma distribuição GNU/Linux nacional baseada no (K)Ubuntu e desenvolvida por voluntários. Trata-se da nova geração de uma das distribuições mais consagradas do cenário nacional, o Kurumin Linux, que foi mantida por Carlos E. Morimoto. O projeto nasceu à partir de uma parceria entre Leandro Santos, desenvolvedor do Kalango Linux e Carlos E. Morimoto, desenvolvedor do Kurumin Linux. O intuito foi somar esforços e gerar uma única distribuição que agregasse o melhor dos dois projetos.O sistema é um Live-CD, ou seja, roda inteiramente do CD sem necessidade de instalação, apesar disso pode perfeitamente ser instalado no HD, como qualquer distribuição tradicional.

Maiores informações: http://www.kurumin-ng.com.br/

Read Full Post »

Notícia em primeira mão. A equipe do SL Educacional (http://sleducacional.org/) já começou a tradução de mais um software livre: o Getboo. Quem não conhece, o Getboo é software livre que gera um sistema de bookmarks (lista de marcadores ou favoritos) no qual você pode catalogar os sites em pastas e/ou tags parecido com o Delicius. Quer conhecer o layout do Getboo e ainda aproveitar outra dica legal ? Então conheça o Bussola Educacional, um projeto também do SL Educacional (http://bussola.sleducacional.org/), são marcadores sociais de sites de softwares livres, dicas de informática educativa, dentre outros. O Bússola é todo feito no Getboo. Além da plataforma ser bem leve (1, 04) fácil, intuitiva permite ainda cadastrar vários usuários, possui extensão para firefox, fedd rss e outras coisinhas legais. Enfim, estou ajudando na tradução e depois comento a esse respeito, pois achava um bicho de sete-cabeças (e sinceramente era mais fácil do que eu imaginava).

Maiores informações na página do getboo no Sourceforge.net

http://sourceforge.net/projects/getboo

Read Full Post »

Noticia: Fortaleza lança Plano Diretor em SL

A notícia é velha, mas as novas são excelentes. Copiado discaradamente, do blog do Eder Marques, membro do PSL-CE que está em Timor Leste (boa sorte, meu amigo virtual nesta nova aventura), temos a satisfação de anunciar com um mês de atraso, o Lançamento do Plano Diretor de Tecnologia da Informação em Software Livre da prefeitura de Fortaleza. Totalmente focado em Software Livre, com ampla consulta a vários segmentos do setor (comunitário, acadêmico, empresarial, governamental, etc), tal documento constitui-se em um marco para a Administração Pública municipal. Parafraseando o Eder Marques “sempre fui e continuo sendo bastante crítica quanto a questão do Software Livre na prefeitura de Fortaleza, mas nem por isso deixo de tirar o chapéu para as iniciativas que estão ocorrendo e que irão ocorrer.” Disponibilizado sobre uma licença Creative Commons, o material pode ser baixado do site da comunidade 4CMBr, dentro do portal do Software Público Brasileiro.
O lançamento ocorreu em novembro de 2008, no auditório da FIEC, e contou com a presença de diversos representantes de vários setores. O documento com cerca de 90 páginas mencionou os LIES – Laboratórios de Informática Educativa e a Cooperativa do Pirambu digital, fcomo alternativas a exclusão digital e capacitação em software livre. Ponto para Fortaleza! Mas estamos de olho, se o plano de fato sairá do papel!

Fonte: Blog do Eder Marques

Read Full Post »

BrOffice 3.0: saiu nova versão


A comunidade OpenOffice.org anuncia o lançamento do primeiro beta do OpenOffice.org 3, e pede a ajuda aos beta-testers, para testarem e avaliarem a próxima grande versão desse maravilhoso e livre suite de aplicativos.

Esta versão beta foi disponibilizada para permitir que os usuários testem e avaliem a próxima grande versão do OpenOffice.org, mas não é recomendado para uso em produção por motivos óbvios.

Entre as principais mudanças para o OpenOffice.org 3.0 destacamos:

* Novo “Start Centre”;
* Novos ícones;
* Novo controle de zoom na barra de estado;
* Melhorias significativas no Writer, Draw e Impress;
* Suporte ao OpenDocument Format (ODF) padrão 1.2;
* Capacidade de abrir arquivos criados com MS-Office 2007 ou MS-Office 2008 para Mac OS X (. Docx,. Xlsx,. Pptx , Etc.).
* Inserção de música nos slides do Impress

Como é uma versão beta, é necessário testar antes.. Quem tiver interesse ja pode baixar e testar, no caso estão precisando de pessoas para isso.

Gráficos em tempo real

As novidades do BrOffice.org 2.3.1 começam no ato da instalação. Um novo recurso permite que o usuário seja avisado quando houver uma nova versão disponível para atualização.

Um dos recursos mais incríveis do pacote BrOffice.org é a possibilidade de transformar o seu documento no formato PDF nativamente — ou seja, este recurso já é padrão e não precisa instalar um software a mais em seu computador. Essa característica acompanha o editor de textos Writer. Na nova versão, a guia ‘‘Visualização’’ permite ver o documento em PDF. Na guia ‘‘Segurança’’ pode-se também inserir senha de abertura ou de modificação no arquivo em PDF.

No Calc, as modificações foram bastante significativas. Agora, na hora da impressão, o Calc só irá imprimir a planilha visualizada no momento. ‘‘Na versão anterior tínhamos de configurar após a instalação para que isto fosse feito. Agora, muitos dos itens que o pessoal do suporte tinha que configurar não serão mais necessários’’, afirma Lucas Filho.

Mas mudanças mesmo sofreram os gráficos. A equipe de desenvolvimento reescreveu todo o módulo dos gráficos, deixando-os com uma interface mais amigável e mais inteligente. Eles agora são visualizados em tempo real. A exibição em 3D foi aperfeiçoada e novos modelos e recursos de gráficos estão disponíveis.

Já no Impress, a ferramenta FontWork que estava com um problemas na versão anterior (2.3.0), foi corrigida e está 100% funcional. Esta ferramenta lembra as WordArts de seu rival PowerPoint.

Um guia mais detalhado com todos os novos recursos pode ser encontrado aqui.

OpenOffice.org 3 beta está imediatamente disponível em Inglês E.U. para as plataformas MS-Windows, GNU/Linux, Mac OS X OpenSolaris.

Mais informações no anuncio oficial de lançamento.

Download: OpenOffice.org 3 beta

Fonte: comunidade-linuxnarede.eti.br

Read Full Post »

Para quem gosta do software livre e de educação, não podem perder o V SEMINÁRIO MUNICIPAL DE INFORMÁTICA EDUCATIVA (SMIE 2008) com o tema Tecnologias e Mídias na Prática Educativa evento promovido pela UFC anualmente. É um espaço de troca de experiências utilizando as TICs na educação e principalmente o software livre.

As propostas de comunicações orais e pôsteres para o SMIE 2008 deverão ser submetidas apenas em mídia digital pela Web utilizando o sistema de submissão (JEMS) no endereço abaixo.

https://submissoes. sbc.org.br

A submissão é feita em duas etapas. Inicialmente o proponente preenche os seguintes dados no JEMS:
e-mail dos autores;
Título do trabalho;
resumo ou abstract;
tópicos de interesse (indique um ou mais tópicos da lista abaixo).
TÓPICOS DE INTERESSE (NÃO EXCLUSIVOS)

Ambientes e Metodologias de Autoria de Atividades de Aprendizagem
Ambientes Interativos de Aprendizagem
Aprendizagem Colaborativa Apoiada por Computador
Arquiteturas Distribuídas para Software Educativo
Aspectos Políticos e Sociais da Informática na Educação
Avaliação e Desenvolvimento de Software Educativo
Educação e Treinamento a Distância Mediados por Computador
Formação de Recursos Humanos para Informática na Educação
Fundamentos Éticos, Psicológicos e Pedagógicos para a Informática na Educação
Hipermídia Aplicada à Educação
Informática na Educação Especial: Ferramentas e Fatores de Acessibilidade
Inteligência Artificial Aplicada à Educação
Linguagens e Ferramentas de Autoria
Métodos e processos de Engenharia de Software aplicados ao desenvolvimento de ambientes educacionais
Modelagem Cognitiva Aplicada à Educação
Políticas para Informática na Educação
Realidade Virtual na Educação
Simuladores e Jogos Educativos
Software Livre e suas Aplicações na Educação
Na segunda etapa, será submetido o arquivo, que se inicia com o título, seguido do texto completo. Os trabalhos podem ser submetidos em duas categorias (comunicação oral e pôster) e devem ter tamanho máximo de 2 páginas.Os arquivos podem ser submetidos em formato DOC, RTF, PDF ou ODT, seguindo o modelo apresentado na página do seminário.Todos os autores do trabalho devem ter cadastro no JEMS.

Datas ImportantesData final de submissão: 30/09/2008
Notificação de aceitação: 15/10/2008
Entrega da versão final: 22/10/2008
Os trabalhos aceitos serão publicados nos anais do SMIE 2008.

Como temos muitos professores novatos, preparei um tutorial para a plataforma JEMS

Tutorial Smie 2008

View SlideShare presentation or Upload your own.

Read Full Post »

Estamos no Portal do Professor!

O MEC lançou recentemente o Portal do Professor, um canal com cursos, dicas de sites, cursos, materiais educativos, tecnologias digitais, blogs educativos, enfim um espaço para troca de experiências entre educadores e para minha surpresa o nosso blog Software Livre na Educação e o Site Software Livre Educacional estão recomendados no link interação e colaboração. Segundo o próprio MEC: “O Portal do Professor e o Banco Internacional de Objetos Educacionais são os mais novos instrumentos de auxílio ao trabalho dos professores e ao processo de formação. A proposta do Ministério da Educação é inserir os professores, principalmente os que estão longe dos grandes centros, no ambiente das novas tecnologias. O portal faz parte da política de informatização das escolas brasileiras, que prevê a instalação de 25 mil laboratórios de informática, 22 mil escolas com banda larga e capacitação de cem mil professores ainda este ano” No lançamento do Portal do Professor, o ministro da Educação, Fernando Haddad, em entrevista à TV EducaRede, disse que não basta levar o computador e a banda larga às escolas. Segundo Haddad, é preciso cuidar dos conteúdos educativos digitais e da formação dos professores. Confira.

Mais informações na páginas eletrônicas do Portal – http://portaldoprofessor.mec.gov.br/

Read Full Post »

Noticia: Fortaleza compra o LEGO

Apenas para confirmar minha denúncia, público a notícia vinculada nos grandes canais de comunicação da cidade. Realmente, a própria PMF, aproveitando da proximidade do pleito eleitoral, está colocando em ação, o projeto Lego Zoom de Educação tecnológica, comprando softwares proprietários quando há quatro anos, no início de sua gestão se comprometia em investir em software livre. Lembrando que a questão não é o projeto em si, o mesmo é excelente, mas o que se questiona é o custo de implantação do mesmo que poderia ter sido 1/10 menor caso adotasse o software livre e mão de obra local. Eis na íntegra a noticia que saiu no Jornal O Povo, no dia 29/08/2008, também vinculada na pagina oficial de Fortaleza (www.fortaleza.ce.gov.br) e na página da Secretaria Municipal de Ensino (www.sme.fortaleza.ce.gov.br).

A robótica como ferramenta pedagógica deve ser empregada a partir de setembro, em parte da rede municipal de ensino. Cerca de 250 professores vêm sendo capacitados para desenvolver o Projeto Lego Zoom de Educação Tecnológica em 30 unidades das seis Regionais. A idéia é aliar conhecimentos teóricos e práticos para auxiliar no aprendizado de matemática e ciências do ensino Fundamental II. O projeto, a princípio, segue em fase piloto, mas tem boa aceitação entre o corpo docente e deve ser ampliado, conforme a Secretaria Municipal da Educação (SME).

Os professores estão sendo capacitados na colégio Filgueiras Lima, no Jardim América. Ontem, eles desenvolveram um buggy. Antes, já haviam construído gangorras. As peças ganham movimento controlado por computadores, usando como base conhecimentos da sala de aula. O período de capacitação, aberto no último dia 11, deve terminar em 8 de setembro. De acordo com o coordenador de Ensino de Matemática da SME, Dalmário Heitor, os docentes vêm aprovando a iniciativa. A meta é empregá-la logo em seguida nas 30 unidades.

Evasão
A nova ferramenta, além de garantir um bom aprendizado, deve reduzir os índices de evasão. Esta é a opinião da professora de matemática Veneza Custódio, 45, docente na Lagoa Redonda. “Estimula o aluno a vir para a escola. Muito do que ele aprende na lousa será usado aqui. Para fazer esse buggy, o aluno trabalha velocidade, tempo, geometria, força, peso”, enumera. Já o professor de informática Carlos Cruz, 50, do bairro Itaoca, aponta mais benefícios. “A robótica é fácil de aprender e de ensinar. Desenvolve muito o raciocínio lógico. Os alunos vão gostar”, aposta.

A robótica une lousas e computadores; alunos, professores e máquinas – e serve como um instrumento de desenvolvimento humano. É o que mostra o orientador da Edacom Tecnologia, Márcio Domingos. A empresa representa a Lego no Brasil e desenvolve o projeto. “Não é um brinquedo. É um instrumento educacional. Já empregamos no Sul, no Sudeste, na Bahia. Onde foi empregado, diminuímos a evasão e a repetência”, comenta.

Segundo o orientador, cada série do Fundamental II tem modos de aprendizado diferentes. “Não é difícil. Aprende-se passo a passo. São 828 peças para montagens infinitas. Serão grupos de quatro alunos e cada um tem função diferente”, explica. Dalmário adiantou que a SME pretende ampliar o projeto ainda neste ano. Com a fase atual, ele estima, devem ser beneficiados 19 mil anos, do 6º ao 9º ano.

fonte: http://www.opovo.com.br/opovo/fortaleza/815524.html

Read Full Post »

Older Posts »