Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 30 de janeiro de 2009

Saudações livres… Hoje o post é para aqueles que me perguntam qual a melhor distribuição linux e eu sempre respondo: Todas. O critério de escolha sempre é o nosso cotidiano. Por exemplo, a minha realidade que trabalho nos LIEs – Laboratorios de Informática de Fortaleza são de máquinas não tão novas, com pouca memória. Atualmente utilizamos o Kurumin (que como ja postei no tópico anterior morreu mesmo). Estou testando outras distro (mas isso fica para outro post).  Até que gostaria de testar o Ubuntu 8.10 e/ou Linux Educacional (recomendada pelo MEC) mas minhas máquinas não tem memória suficiente (256 MB) para isso. Então continuo estudando…

Acho mais correto, o professor testar as distros existentes no mercado (existem mais de 500), a maioria com download gratuito na internet e verificar qual melhor se adequa a sua realidade. Assim, surgiu um questionamento no fórum de discussão dos professores: Como salvar um Cd de linux que seja botável ? Ou seja que possa ser replicado noutras máquinas ?

Como diria Jack, o estripador: Vamos por partes!

Entra no site oficial da distro linux de sua preferência e faz o download Exemplo: http://www.kurumin-ng.com.br/

Geralmente, o download das distros são no formato ISO. Voltando ao exemplo do Kurumin (de fato, tenho um caso de amor com esta distro). Isso significa que vai salvar um arquivo chamado kurumin-ng-8.06.iso
Depois de esperar terminar o download (demora cerca de duas horas, dependendo da conexão) e salva em CD assim:

Gravando arquivos .ISO no programa K3B:
* Abra o programa.
* Vá ao menu: ferramentas/Gravar imagem ISO ou Queimar imagem do CD (eh a mesma coisa, depende da versão do seu K3b).
* Localize a ISO que vai gravar, escolha a velocidade (eu coloquei automático, mais alguns recomendam, colocar na velocidade mais baixa, dependendo do computador que for instalar) e mande gravar. Fácil não?

Gravando arquivos .ISO no programa Nero:
* Abra o Nero e clique em File > Burn Image.
* Localize a ISO que vai gravar.
* Clique em “Write” para gravar o CD.

Obs: Não precisa descompactar o arquivo no Windows, senão ele perde o arquivo de inicialização. Outra dica não utilize aceleradores de download, pois pode danificar o arquivo.

Pronto, você ja tem seu próprio cd bootável de linux e ja pode sair instalando por ai. Não importa a distro, importa que seja legal, livre e de preferência nacional. Inté +.

Anúncios

Read Full Post »